Pesquisar este blog

Translate

21.2.17

23 Esperar

    
Capítulo 23
Esperar
Flash Back
-Papai, papai, olha só o tamanho do peixe que eu pesquei. E vinha minha princesinha com sua micro-tilápia toda orgulhosa...
-Nossa Lara esse é o maior peixão deste lago... Mamãe, mamãe olha. -Que lindo seu peixe Lara.
E corria toda serilépi nossa querida Lara com seus sete anos de idade...
-Papai, papai, você coloca a isca pra mim...
-Não querida coloque você... É papai, é que eu não gosto muito deste bichinho que tenho que colocar no anzol... Aí, machuquei meu dedo. Vejo minha pequena com sangue no dedo. -Calma lindinha do papai, a mãe dá um jeito... E veio a dona Neide com um remédinho fez toda a assepsia e de novo Lara lançando a linha na água queria pegar o maior peixe daquele Lago.
-Papai, papai, algum dia eu vou ser mãe igual a mamãe?
-Sim querida, algum dia bem lá na frente, você vai encontrar um moço, você vai amar ele, e casar-se-á com ele, e aí sim você terá um bebezinho, e você vai dizer a ele filhinho eu te amo...
Flash back
Olhava na minha frente,  a minha menina, e estava sangrando, tal qual aquele dia que pescávamos no lago, mas minha pequena, sim o meu bebê. Estava grávida... Grávida? Grávida! Mas não ela estava perdendo o seu filhinho, aquela poça de sangue estava levando o meu netinho....
-Filha, filha aguenta firme filha, e olhei para ela estava desmaiando, -Grávida? Quem disse isto foi a melhor amiga dela. Minha esposa agiu, ligou para o bombeiro e três minutos depois estava como que anestesiado, a Lorena só gritava. -Meu Deus, eu pressionei ela, Meu Deus, não minha amiga, não... E chorava, e gritava desesperada. Os bombeiros entraram colocaram ela na maca.
-Você é o responsável por ela? Venha na frente, precisaremos de você para agilizar os papéis. 
-Você e você, apontava uma bombeira mulher, se agirem com tranquilidade e silêncio, poderão acompanhar até o hospital, rápido, cada segundo daqui em diante serão determinantes para a vida desta criança...
No hospital, fiquei horas e horas na frente da sala de espera, Lorena e a Neide só choravam, eu estranhamente fiquei sério e calado. Não consigo absorver essa informação: -Minha filha grávida? Quem será o pai. Aquele Tomás? Mas como se ela pregou tão lindamente, sobre esperar, a poucos dias, disse que a jovem deve se guardar ao seu futuro marido entre outras coisas... E veio uma enfermeira... Ela disse: -Realmente a menina esta grávida tudo indica que já esta de um mês e meio.
-Um mês e meio. 
-Sim, sinto, mas vou ter que voltar o caso dela é grave...
-Neide, nossa filha grávida em casa e nem percebemos? Amor, falava soluçando eu pensava que o comportamento dela estava alterado por causa do termino do namoro... Ela ficava quase todo o tempo trancada naquele quarto... Nunca imaginei que...
Nunca imaginei que ouviria uma notícia desta, sempre imaginava Lara vindo contar essa novidade casada com seu esposo, num churrasco de domingo. Não, não, por que esta acontecendo isto comigo? Sempre a ensinei nos preceitos do Senhor, se ela se relacionou com alguém e esta grávida, é sinal que tudo o que fiz não surtiu efeito.
-Não pense assim amor, pense que o nosso netinho esta ali dentro lutando pela vida...
-Lorena como foi? conte-nos tudo o que sabe...
Dona Neide, estou me sentindo muito mal, forcei a barra com a sua filha, agora ela esta dentro desta sala passando muito mal pela minha precipitação.
O pai da Lara falava em tom autoritário.
-O que foi feito, não se volta atrás, conte-nos tudo o que você sabe que esta ocorrendo com a nossa filha para podermos ajuda-la. Neste momento o Pastor lembrou:-Minha votação, minha presidência, tudo arruinado. Um escândalo dentro da minha casa. 
-A propósito Lorena, alguém mais sabe desta gravidez? 
-Não pastor, somente eu e a Lara sabíamos, nem mesmo o Tomás sabe. E Lorena contou tudo o que sabia, sobre o termino do namoro, sobre o desprezo e sobre a mãe do Tomás estar maltratando a Lara. E a parte mais difícil. 
-Ela me procurou essa manhã e pediu para acompanhar ela em uma consulta pré-natal.
E disse a dona Neide: -Pelo menos ela pensou na criança, o pré-natal é extremamente importante no inicio de uma gravidez.
Desculpe Pastor e Dona Neide, mas meu coração pede pra contar...
-Pede pra contar o que querida.
-A Lara queria retirar o filho... -Meu Deus! Disse dona Neide, o pai da Lara foi mais cauteloso escutando o que a Lorena iria dizer...
-E foi antes de vir para a sua casa. O pai de Lara indagava: -E como você concordou?
Lorena contou toda a história, a fuga, a oração, a angustia e a ajuda...
Dona Neide e o pastor estavam perplexos escutavam mas não conseguiam assimilar a informação.
E apareceu o médico, com a enfermeira.
-Você é o pai, e a mãe da Lara? -Sim somos: E ela?, apontando para Lorena... Amiga intima da família.
-Gostaria de falar somente com os pais, você poderia aguardar um pouco do lado de fora.
-S-i-m, disse Lorena retornando a chorar, imaginando o pior...
(prossegue)
#Lara, esta em um hospital, foi internada as pressas... Fortes emoções...


Filhinho eu te amo

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Atitude racista afasta William Waack

William Waack Um vídeo que circulou nas redes socais nesta quarta-feira em que o apresentador William Waack, do Jornal da Globo, aparece...