Pesquisar este blog

Translate

19.2.17

22 Socorram a Lara

    
Capítulo 22
Socorram a Lara
Ao chegarmos em casa, já estava na frente dela, minha mãe, meu pai e também a mãe da Lorena, minha amiga olhou assustada o que a sua mãe estaria fazendo na casa da Lara, ligou os fatos, ela olhava bem desconfiada quando as duas passaram buscar-me por isto dela estar aqui, com certeza avisou a mãe da Lara sobre nossa consulta.
E veio a mãe da Lara, e perguntou: -Filha, filha onde você estava, a mãe da Lorena disse que você saiu de táxi com a Lorena, onde vocês foram?
E agora a Lorena adentrava no diálogo, é melhor a Lara entrar que ela precisa lhe contar algo.
E a Lara disse: -Sim, Lorena obrigado por acompanhar-me amanhã conversamos...
-Amanhã conversamos? E olhou a sua mãe que olhava com a cara de espanto e curiosa, sobre o que seria.A mãe da Lorena olhava para Lara observadora que só ela mesmo, disse: -Menina você não estava com essa roupa quando foi lá em casa. Lorena já pensando que se a sua mãe soubesse de tudo que ocorrera, era bem perigoso a igreja inteira ficar sabendo sobre o desastre da consulta, e o pior a gravidez da sua melhor amiga. Lorena pensava que poderia até mesmo chegar aos ouvidos do André...
-Mãe,disse Lorena, vou entrar um pouco conversar com a dona Neide e o pai da Lara, você se importa de voltar para casa sozinha?
-Não precisa, falava Lara idealizando mais uma mentira para encobrir a nova situação que estava envolvida...
-Precisa sim Lara... Mãe você se importa?
A mãe da Lorena não gostou muito da ideia, mas aceitou, não queria criar caso, foi embora contrariada.
-Entrem vocês duas falava agora o pai da Lara com um ar autoritário.
Já dentro da casa, na sala, a mãe da Lara estava bem preocupada com a filha. Minha Lara o que houve, pegava nas mãos da Lara que estavam um pouco arranhadas, você parece estar muito cansada e com olheiras filha... O que esta acontecendo com você?
-É que...Agora a Lorena entrava no meio da conversa.
-É que irmã Neide a Lara tem algo para contar para vocês, e eu estou aqui para ela realmente falar, sem mentiras ou desculpas, eu só sairei da casa de vocês quando essa menina falar o que eu quero ouvir.
E Lara num impulso, correu escadas acima e trancou as portas para dentro do quarto.
-Meu Deus! O que houve com a minha filha, dizia a Dona Neide acompanhando Lorena, e o Pai da Lara que agora falava com um tom autoritário e ameaçador.
-Garanto que aprontou... Nossa filha não é mais um bebê... E a Lara aos prantos olhava a parede, e orava:-Meu Deus, meu Deus tenha misericórdia de mim...
Lorena falou bem alto. -Lara deixe de criancice se você não contar agora conto eu...
-O que de tão grave ocorreu com a minha filha? Perguntava o pai a Lara. -É Lorena o que de tão grave ocorreu com a minha filha?
-Fale Lara dizia Lorena, Fale!
-Lara do outro lado da porta começou a gritar:
-Nãããããããããããã o
Lorena pensava com ela mesmo:-Assim é demais alguma hora ela vai ter que contar, a mãe da Lara tinha saído foi buscar a chave reserva o quarto da Lara.
-Lara, conte, eu estou aqui, só o teu pai esta aqui agora: -Conte!
Lorena achou estranho o grito de não, mas pensou novamente: -A Lara a cada dia mais impossível, quase nós duas fomos presas por causa de encobrir este erro grave, pregou fazendo-se de certinha sendo que estava em pecado, e ela precisava de um choque de realidade... E a Lara continuava gritando do outro lado da porta: -Não, não, Meu Deus, não, a mãe da Lara agora abria a porta com a chave reserva.
Lara sentada no canto do quarto gritando: -Não, não o chão havia um pouco de sangue.
A dona Neide, olhou e fechou os olhos do marido: -Não veja isto, que falta de vergonha Lara nos dias e sem absorvente.
-Lorena agora gritou alto: -Meu Deus, Meu Deus, peguem ela e levem correndo para o hospital pois ela esta grávida.
-Grávida?
Pelo amor de Deus socorram a Lara, gritou mais forte a Lorena, Lara passou o Dedo no chão nas gotas de sangue e falou chorando: -Por amor de Deus filhinho não me abandone pois eu te amo.Cansada, exausta e emocionada ela olhou para o teto sussurrava, não, filhinho não me aband... sua visão já era turva não via mais nada...
(prossegue)

Filhinho eu te amo

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Hated in the Nation crítica black Mirror

" Hated in the Nation " é o sexto e último episódio da terceira temporada da série antológica de ficção científica britânica...