Pesquisar este blog

Translate

13.3.16

Que País é este?

Quando me dispus a escrever este cotidiano no blog, foquei meus pensamentos no que o Umberto Eco falou: -Só escreva se você realmente dominar o assunto. -Mas é muito chato, taxar assim os pensamentos e os escritos. É claro que não sou tão leigo a ponto de tecer comentários do cotidiano de modo desregrado e sem nexo. Reitero que sem sombra de dúvidas, se for algo 'profissional' deve-se portar de fonte fiel com um conhecimento e pesquisa fidedigna.
Mas minha gente volto ao título da crônica de hoje:
-Que país é este? Of course -Brasil, mas leia em tom irônico:
-Que país é este?
Voltando, estou escrevendo tipo para ilustrar a minha ilustração, uma família, feliz com o pai jogando a bola para brincarem.
-Que país é este?
A musiquinha que não me saí do pensamento é aquela Das meninas (já antiguinha):
♪ Mas eu só quero educar meus filhos com muita dignidade.
Em outra parte...
♪ Onde o rico cada vez fica mais rico, e o pobre cada vez fica mais pobre.
♫ É  o que está em cima sobe e o de baixo desce....
♫ Bomchi bonchi bom bom bom...


Quem lembra desta musiquinha chiclete que tocou muuito, e ainda faz pensar: -É uma filosofia, em forma de musiquinha.


E assim vivemos... Agora pare de embramamento e começa o texto Senhor Waldryano:


Que País é este?


É claro que vou comentar de política neste texto e mais claro ainda que serão comentários ácidos.
Minhas pessoinhas de Deus, como posso ver e ouvir e não ficar indignado com o que esta acontecendo neste meu Brasilzão ?
-Senhor Tenha misericórdia de nós!
A gente liga o jornal para ouvir notícias e a notícia é: -Lula, Lula e mais Lula. Tem também a presidenta, defendendo o Lula.
O Lula que votei nele, é aquele sindicalista de nove dedos que perdeu um dedo no árduo trabalho de mecânico em alguma metalúrgica, e se enveredou para a política, bem este mesmo que vou escrever.
Aquele mesmo Lula que nas campanhas políticas a gente via no fundo dos olhos dele, e sentia algo bom e queria votar no dito, pois pensava:-Ah sim, este é gente com a gente. E votava, e votei...
-Será que aquela velha história é verdadeira: -Entra honesto e se corrompe. -Será que a política é isto. -Cafajestice e mais cafajestice?
-Calma intrépido leitor, o momento revolta tem que passar e preciso voltar ao argumento.
O noticiário atual formula a seguinte hipótese. O Lula pode ser preso por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro, por lobs cometidos enquanto era presidente, por facilidades tipo: -Uma mão lava a outra. -É isto mesmo? me belisca pra ver se não estou sonhando. -O presidente humilde de nove dedos, que olhava no fundo dos meus olhos e falava: -O Brasil tem jeito, deixa eu trabalhar.
-Será mesmo minha gente que tudo aquilo era um texto bem arranjado e aqueles olhos vibrantes eram fruto de uma iluminação bem proposta por um marqueteiro que sabia o forte do presidente Lula: -Os olhos de gente inocente.
-Ou será uma conspiração bem arranjada da oposição que manipula quem quer que seja para os seus bens próprios?
-Já não sei o que pensar, só sei que estamos vivendo em um Brasil estranho, tínhamos heróis que não existem mais. Agora o mesmo povo que gritava com toda a força do seu peito: -Deixa o homem trabalhar, esta se baldeando pra dizer: -Prende ele. E eu? Não sei o que pensar.
-Vou continuar assistindo o jornal? -Claro que vou. Estamos vivendo um pesadelo. -Mas como disse um certo promotor bem presente nestes dias. Certas sujeiras devem ser tiradas debaixo do tapete.
ilustração feita por Waldryano, original no site Pixabay
Crônicas de um Velho Jovem

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Atitude racista afasta William Waack

William Waack Um vídeo que circulou nas redes socais nesta quarta-feira em que o apresentador William Waack, do Jornal da Globo, aparece...