Pesquisar este blog

Translate

1.10.15

Prisão Capítulo 52


Por Waldryano | Para o blog Waldryano
Olhar para trás
Capítulo 52

Entreguei meu cartão a ele, de algum modo inexplicável estava gostando daquele rapaz.
Eu que jurei a mim mesma nunca se apaixonar, estava sentindo uma mistura de sentimentos, ódio? Compaixão? Eu não poderia ficar observando seus olhos, contei-lhe algo muito particular da minha vida a ele. Expus demais meus sentimentos. Sei que ele sofre com um pai inescrupuloso, preciso ir embora. Levantei e prometo a mim mesma: -não irei olhar para trás.
-Até aquela porta Lara, não olhe para trás!
A vida foi sofrida para mim, estudei, hoje sou uma advogada mas para chegar onde estou tive que deixar meu passado e nunca olhar para trás.
Quando jovem sempre fui bela, uma menina linda com lindos olhos azuis, como tenho ódio disto! Minha beleza me fez ser o que eu sou hoje.
-Porque Lara contou a ele o seu passado?
-Porque Ambos temos uma história traumatizante com um pai inescrupuloso...
Não olhe Lara, abra esta porta e não olhe para trás.
De repente sinto a mão do Nilmar segurar meu braço. Tremi toda, devo ser firme, olho para a lanchonete não vejo ninguém só eu e este rapaz.
Este rapaz? De tanto estudar sobre ele para defender meu cliente, parece-me uma pessoa intima, este rapaz, que olha no fundo dos meus olhos e parece ler minha alma.
-Você pensa que me conhece, sabe o que eu passei?
Realmente parecia que conhecia ele sim, este rapaz estava mexendo comigo despertando sentimentos que tinha enterrado na minha alma.
Ele se aproximou bem próximos dos meus lábios, parecia que ia beijar-me, e eu? Tentava distanciar mas meu corpo queria beijar aquele rapaz.
E ele disse bem próximo do meu rosto.
-Você pensa que me conhece? Sabe o que eu passei?
Olhei nos olhos dele de modo que. Sim conhecia aquele rapaz. Vi tristeza, vi dor, mas vi um homem que precisava de carinho e afeto, logo disse a ele.
-Se você se entregar serei a sua advogada e farei de tudo para livrar da prisão (lembrei que não perguntei sobre o pai dele e estava quase indo embora) em momento algum você citou seu pai porque? E ele disse:
-Rompi com ele, soltando meu braço.
Pela nossa conversa já sentia que ele estava livre de quem o manipulava.
-Já imaginava.
Disse para ele se entregar, lembrei de avisar como poderia me encontrar.
Saí.
Fechei a porta de vidro, uma porta de vidro nos separava, queria olhar para trás ver seu rosto sua reação, mas prometi para mim mesma nunca mais olhar para trás. Atravesso a rua meu desejo é olhar ele. Mas dês de que aquele 'porco' tentou colocar as mãos em mim, uma adolescente indefesa...
-Tinha traumas e estes deveriam ficar para trás. Meu pai tentou abusar de mim. Eu com essa beleza que provoca. Mas ele? Ele deveria me proteger? Minha mãe não acreditou em mim, disse que eu estava me insinuando, que provocava os homens.
Fui morar com uma tia na capital ela bem velhinha foi minha mãe, meu pai, e eu?
Passei a esconder o que 'provocava' os homens . Estudei,guardei tanto ódio no coração, queria colocar todos esses bandidos na cadeia.
Mas esse rapaz?
É um bandido ou uma vitima do seu próprio pai?
Como eu fui?
Entrei na loja...
-Nossa lindinha, você esta branca! Disse a prestativa vendedora.
-Você me dá um copo de água?
Trouxe o copo de água e bebi.
Pedi para a vendedora:
-Veja pra mim naquele café o moço saiu?
-Ta saindo sim...Mas moça até você sofrendo por causa de homem...
Olhei para ela brava e ela disse:
-Não esta mais aqui quem falou...
-Posso trocar de roupas, para as minhas antigas?
-P-o-o-de disse a vendedora sem entender...
Ao sair do provador, a vendedora agora quieta,comenta com a outra.
Vai entender...
E Lara com suas sacolas, sai em retirada da loja, arrumando se óculos e agradece as vendedoras, e sai.
Volta a cidade do interior, ansiosa ao dirigir na estrada.
-Ele irá se entregar, dizia...
-Ele irá se entregar...
**
O tempo passou, Nelma continuava com sua campanha de oração, Robson preso, começava a ajudar na organização da prisão. O pastor todos os dias ia visitar Robson. A impressa aproveitava da situação para render matérias sobre o amigo assassino de animaizinhos. E os dias do Julgamentos estavam chegando, e o dia do julgamento chegou.
-Lara você esta tão segura de si, e esta diferente depois de retornar da capital?Dizia Nelma.
Sim estou, e lia seu notebook confiante, no entanto apreensiva, 'ele precisa se entregar ele virá se entregar'
Olhava o celular, percebeu que ouve três ligações anônimas não completadas. É ele!
Esta neste processo de arrependimento, pensava.
Chegou o Grande dia do julgamento.
-Lara estou muito nervosa, hoje será o dia que meu amor pode ser condenado por crimes que não cometeu. E olhava para Lara, -Esboce uma reação querida prima.
-Calma Nelma tudo dará certo, e olhava novamente seu celular.
Nelma foi no quarto orar, tinha naqueles dias conversado com o Robson, e observava uma maturidade exemplar nele, não entendia o porque dele manter aquela postura. O Zecão?Estava no hospital ainda desacordado em coma, o quadro era instável, nem piorava nem melhorava. Os pais do Robson aderiram a campanha de oração. Ouve uma mobilização naquela igrejinha, o que eram só jovens tornou-se famílias.
E a imprensa aproveitava para tirar proveito da situação com reportagens maldosas.
E a igreja orava pela vida do Zecão e a libertação do jovem Robson.
No tribunal estava Robson no banco do réu. Um promotor de acusação, a mãe do Zecão, uma moça que parecia ser de uma ONG de defesa dos animais. Nelma e Lara. E o sentenciador lá no meio o Juiz.
-Ele? Disse Lara para Nelma, este promotor de acusação era linha dura.
-Qual será a sua defesa olhava de modo sarcástico o promotor antes da seção.
As provas são contundentes seu defendido certamente será condenado.
-Todos até mesmo quem eventualmente é culpado tem direito a defesa. Replicava a provocação Lara, olhando novamente o celular estava nervosa, pois jogara numa só possibilidade. Nilmar se entregar. Tinha absoluta convicção disto, no entanto até aquele momento nada.
(prossegue)
#Amados, chegou o grande dia do julgamento do Robson, as provas são contundentes, tudo leva a crer que será condenado, Lara sabe disto, a única chance de defesa é a confissão do Nilmar... estrelas e comentários são necessários neste momento...
Muito obrigado pela visita, não esqueça de dar maizinhos no Google+ e curtir no Facebook, para comentar aqui tem que ser seguidor. Então siga-me no Google Friends, os links estão abaixo.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Atitude racista afasta William Waack

William Waack Um vídeo que circulou nas redes socais nesta quarta-feira em que o apresentador William Waack, do Jornal da Globo, aparece...