Paranaense, trinta e poucos anos, formado em letras, evangélico, E... Gosto de escrever...
Ontem fui em um casamento de um amigo.
Minha filha iria ser a daminha, por ser bem pequenininha, levaria a plaquinha, la vem a noiva.
Muito agitada levou até o meio do percurso a placa, e levou para a tia que estava no banco de convidados. Uma graça.
Via aquele noivo, e aquela noiva e observava o amor, a apreensão, e muita felicidade no ar.
O noivo tímido falou baixinho: -Eu aceito e prometo. Na hora do sim.
O pastor fez questão dele repetir alto para os convidados que estavam no fundo escutarem.


Ops a noiva entrou com esta canção [veja acima] tocada num teclado e violino.
Um casamento, um momento único, o mais interessante é que foi um dia depois do meu casamento o casamento que fui participar e prestigiar ontem.
Euzinho já estou seis anos casado e sinto que o casamento é a melhor instituição que existe. Olhava para aqueles jovenzinhos e imaginava eles seis anos depois, como eu todo descabelado correndo atrás da energia de uma criança de três anos, e vivendo um cotidiano feliz.
Fica aqui o registro deste dia feliz
Crônicas de um Velho Jovem
Deixe sua opinião
Por: Waldryano RJ 19.6.16 Comentarios | As ,

0 comentários:

A maioria dos textos e imagens expostos neste blog são de autoria ®Waldryano. Tecnologia do Blogger.

# Compartilhe