Pesquisar este blog

Translate

10.5.16

Os pássaros, o filme


ilustração feita por Waldryano, no site pixabay esta sem a marca dgua
Neste momento de descanso, assisti uma vlogger que estava fazendo um acompanhamento de Guerra e Paz, um livro extenso de um autor russo que retrata a guerra de Napoleão, ou melhor, no momento daquela guerra. Um livro extenso que sei lá, quando estiver aposentado, quem sabe eu leia. 

Antes de sentir a discriminação, peço ajuda aos universitários: risos: veja este video da Fabiane [vlogger cristã] que ela fala sobre literatura arte e afins: https://www.youtube.com/watch?v=Ca99Gx3S_DA


Voltando:

-Assisti o Pássaro, e fiz até uma ilustração deste filme.

O Filme esta no youtube com a qualidade péssima, mas vale a pena assistir.

-Um filme de um diretor famoso, de 1963 antigo.

Mas é um filme interessante, bem feito.

Uma moça que esta numa loja de pássaros tem uma paquera com um advogado, vai atrás do moço com uma gaiola dois periquitos. 
Entrega na casa do moço seus periquitos, então começa o drama, a moça é atacada de sorrateiro por uma gaivota. 
A moça super elegante, com um cabelo impecável e um conjunto verde que utiliza o filme inteiro.
E começa tempos em tempos os ataques dos passaros, a cena da escola é bem interessante, a protagonista vai averiguar se a filha do seu 'namorado' esta bem, sai e senta em um banquinho, começa a fumar seu cigarro: Neste filme fica bem claro o quanto a industria do cigarro estava atrelada ao cinema, demonstrando glamour e status para a cigarrilha: e então começa a surgir um monte de corvos atrás dela...
E mais tarde correm crianças dos pássaros naquele suspense.
Não gosto nada de suspense, confesso que já tive meus tempos de ler Steven King e gostava da literatura em si, de como este autor tecia seu texto. Neste caso assisti este filme pois a vlogger do começo deste texto sugeriu como um dos dez melhores filmes a ser assistido, teve outros mas este era o filme que tinha curiosidade de assistir e fui eu com a minha esposa assistir o filme.
Confesso que gostei do filme, da forma que o diretor explora as sensações com olhares, a falta de trilha sonora, explorando o ambiente, o pânico coletivo, e a falta de conclusão.
Várias sacadas, em um filme ousado, pela sua forma diferente de contar a história. Fiquei de boquiaberto em pensar como foi feito as diversas cenas de passaros, e depois pesquisando e lendo, vi que foi sobreposição de imagem. Na outra cena no final do filme a mocinha é atacada por passaros e e bem real, fui ler de novo e descobri que passaros foram amarrados na atriz que foi realmente surrada por passaros tendo que ter uma pausa na filmagem para voltar e finalizar o filme.
Agora estarei comentando no blog e assistindo filmes e deixando minha impressão por aqui, e é claro sempre que possivel uma ilustração :)

Crônicas de um Velho Jovem

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Atitude racista afasta William Waack

William Waack Um vídeo que circulou nas redes socais nesta quarta-feira em que o apresentador William Waack, do Jornal da Globo, aparece...