Prisão Capítulo 60


Por Waldryano | Para o blog Waldryano
Nosso futuro
Capítulo 60

Depois que soube da novidade, sim ser gerente de uma loja lá na capital, fiquei muito feliz, estava orando para encontrar uma solução para não ficar longe da Nelma, ela realizará o grande sonho da sua vida que é ser uma psicologa.
Confesso que ano passado ela até que tentou passar na faculdade que ela tanto queria, mas infelizmente não deu certo.
Mas quando o pai dela contou que já estava tudo certo de inaugurar uma filial lá na capital, fiquei com o coração na mão.
Eu me dou super bem com o pai da Nelma, logo ele confia em mim e deixa a loja na minha mão, aprendi administrar um comercio com ele.
Quando sai daquela prisão, fiquei com muito medo de não encontrar um emprego por ter saído de uma prisão e acabar herdando uma má fama, logo não oferecer-me um emprego
-Nosso namoro? Eu e a Nelma a cada dia estamos mais e mais apaixonados, quero estar a todo o tempo com ela. Não consigo me ver sem ela. Ela já faz parte da minha vida.
No entanto já faz um tempinho que estamos namorando, ela tornou-se regente da mocidade, e eu um cooperador da obra do Senhor.
Continuei ajudando o pastor lá na igreja, depois que me ví preso, limitado, lá naquele lugar, orava e firmava propósitos com Deus, e um era sem dúvidas ser um servo de valor.
-Mas o que fazer, a Nelma iria morar fora, isto estava apertando meu coração.
Mas Deus é maravilhoso, faz seus planos e propósitos para as nossas vidas da maneira dEle.
E o pai da Nelma me dá esta notícia.
Gerenciar uma filial lá na capital, é muita responsabilidade...
Estou cheio de planos, meu futuro? Sem dúvidas, entreguei nas mãos de Deus...
E agora mais esta novidade... Casamento, sim vamos nos casar, terei muitos desafios, mas com certeza, hoje posso dizer com toda a certeza.
-Vale a pena ser fiel.
-Posso ir agora? Disse para o pai da Nelma.
-Pode sim Robson, saia passear um pouco, serviço demais não é?
-Sim, mas tenho que aproveitar todos os minutos com o Senhor me ensinando, logo logo estarei sozinho lá na capital.
-Sabe Robson, você sempre foi prestativo, e ajudou-me no que foi necessário, irá tirar de letra, tens talento para o comercio.
-Realmente aprendi a gostar de administrar uma loja não é nada fácil, mas com o tempo e determinação aprendemos.
Agora já estou na frente da loja, combinei de encontrar a Nelma no café que estamos habituados, ela? linda com um vestido vinho com os cabelos soltos, com um pequeno livro ela vem em minha direção sorrindo, eu contemplando aquela moça que Deus enviou na minha vida e hoje sou realizado com ela e o seu amor.
-Oi amor!
-Oi meu amor, abracei ela e logo fomos no nosso café...
-Tenho uma ótima conversei com a Lara e ela também vai casar com o Nilmar.
-Nossa Nelma que ótimo isto, Quando?
-Logo amor, ela ligou convidando para nós ser padrinhos de casamento dela.
Olhei para ela, e ela olhou-me, depois do ocorrido, fiquei um pouco distante do Nilmar, Nelma sempre me alertava sobre isto, dizia-me para não guardar rancor ou magoa no coração, aprender a perdoar. Eu? Sempre tentava, mas sou humano, ficava um pouco entristecido com todo o que ocorreu a prisão me ensinou a ser mais cauteloso com as pessoas e tinha que reaprender a ser um bom amigo do Nilmar.
-Eu propus a ela casarmos juntos, no mesmo dia, conversamos, e estávamos pensando de ser um casamento simples, porem elegante, lá na capital para poucos convidados, na Igreja da Lara, e levar nosso querido pastor para fazer nosso casamento.
Ela olhou-me e sentiu algo estranho no meu olhar, ela conhecia-me bem e disse deste modo pra mim.
-Eu gosto muito da Lara, e seria uma ótima oportunidade para você e o Nilmar quebrarem de vez este gelo.
Abraçava Nelma e pensava no futuro, e refletia sobre isto: Sabe que ela tem razão mágoas rancor só envenenam a gente, e no mais ele pagou tudinho que tinha que pagar para a justiça, cinco meses preso penso eu não foi nada fácil, e ele também encontrou uma mulher maravilhosa na vida dele.
-Casamos então, -Você, abracei ela mais forte, já adentrando no café, -Você amor zito, sempre tem razão.
-Eu casado com a mulher da minha vida? É um sonho, se você assim deseja casaremos deste modo, eu te amo, e estarei perto de você, agora seremos um casal, lá na capital que tal?
Ela esboçou um sorriso. e disse
-Você é o amor que eu tanto pedi a Deus em minhas orações, olhou nos meus olhos e disse assim: OBRIGADO POR EXISTIR.
-Você amor que é tudo para mim, agora minha psicologa favorita como estão os estudos?
Ela contou-me como era a faculdade, o lugar, e contou que tempos atrás ela e o seu pai passaram uma pequena temporada na capital, conseguiram alugar o comercio para outra pessoa e voltaram para nossa cidade, os negócios aqui prosperaram. O programa minha casa e minha vida, injetou dinheiro nos negócios do pai, ela dizia.
-Sim e como eu sei querida, disse rindo, e ela olhou pra mim.
-Ah, é claro, você trabalha lá com o pai já deve de ter ouvido esta história varias e varias vezes...
-Você promete me ajudar no que for necessário Nelma lá na capital?
-Prometo, amado, não se preocupe, o pai sabe o que faz, e você terá apoio dele no que for necessário.
Escutava ela, e pensava, no casamento nesta nova empreitada, em viver próximo do Nilmar, nesta nova vida que estava me esperando lá na capital.
-Você vai amar este caipirão aqui lá na capital não é?
-Claro eu te amarei sempre Robson, você é o presente que Deus colocou na minha vida.
#Ajudem o livro votando e comentando, Deus abençoe os leitores fieis!!!
Muito obrigado pela visita, não esqueça de dar maizinho no google+ e curtir no facebook, para comentar aqui tem que ser seguidor. Então siga-me no google friends, os links estão abaixo.

Nenhum comentário:

você poderá gostar destes posts abaixo