Pesquisar este blog

Translate

1.10.15

Prisão Capítulo 57


Por Waldryano |Para o blog Waldryano

Um batismo para recordar
Capítulo 57

Em frente ao meu espelho estou me arrumando agorinha mesmo para ir para o meu Batismo!
Eh, depois de sair daquele tribunal, veio o pastor, e me disse:
-Robson, não esquece que o seu batismo será amanhã.
-Amanhã?
-Sim, nós marcamos seu batismo daqui a um mês lembra?
-Sim pastor agora lembro, foram tantas coisas, mas certamente, irei sim, me batizar.
Quando eu estava na prisão o pastor ia lá todos os dias e ficávamos conversando sobre a Bíblia, sobre a vida Cristã, e sobre esperar em Deus.
-Deus foi fiel comigo? Serei um servo de valor sempre deste Deus maravilhoso.
-Será que vou de gravata?
-Acho que sim! Depois pelo que me contaram, vestirei uma espécie de avental branco, confesso que estou super nervoso. Não sei como é isto, sim agora prontinho, só falta este perfuminho que a Nelma adora.
Esguichando o perfume atrás da orelha.
-Tá bunito seu Robson, disse minha mãe Madalena passando de relance, pela porta do quarto, e eu retribui.
-A senhora que sempre é linda minha mãe querida, e fui e abracei ela.
Ela olha pra mim, da uma risadinha e diz:
-Seu pai empresta o carro, nem precisa de agrados... É pra levar a Nelma não é?
-Sim mãe...
-E vocês?
-Nos vamos de carona com o pastor ele passará aqui em casa.
-Antes de ir Robson, leia uma passagem Bíblica e faça uma oração, hoje é o dia mais importante da sua vida.
Fui e abri minha melhor companheira, a Bíblia da Nelma,
Lá em Mateus 3 e fui lendo:
Eu os batizo com água para arrependimento. Mas depois de mim vem alguém mais poderoso do que eu, tanto que não sou digno nem de levar as suas sandálias. Ele os batizará com o Espírito Santo e com fogo.
Entendi que aquele momento era muito importante para a minha vida, seria batizado, e começaria uma vida nova, sabe? Quando passava por aquele deserto entendia que era um teste, quando estava dentro daquela prisão, o inimigo atormentava todos os dias os meus pensamentos mas eu o repreendia e dizia assim:
-Maior que este meu problema? Só mesmo o meu Deus.
E foi bem assim mesmo, era impossível me livrar da prisão, o juiz me deixou bem claro, mas a impossibilidade é uma das especialidades do meu Deus!
Continuei a minha leitura:
Assim que Jesus foi batizado, saiu da água. Naquele momento os céus se abriram, e ele viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele.

Então uma voz dos céus disse: "Este é o meu Filho amado, em quem me agrado

Orei, logo após a esta leitura, minha mãe me observava da porta do quarto, sim estava pronto, para o dia mais maravilhoso da minha vida. O meu Batismo:
Estávamos todos lá naquele lago, sentia o perfume da Nelma, E eu? pegava bem forte nas mãos dela. Nilmar e Lara? Também vieram, sabe estes dois não se desgrudam? Ela cobre ele de beijos. Quando olhava aquela moça nunca imaginara que ela se apaixonaria pelo Nilmar.
Eu olhava para Nelma, ela sorria para mim e disse assim:
Sabe Robson, fico super feliz, que você meu amor, veio, bem certinho pra mim.
-Éh, falei pra ela todo dengoso.
-Sim, orava para Deus e pedia um companheiro que aceitasse viver uma vida cristã, e no começo até parecia diferente, naquele dia que você foi la em casa emprestar o celular...
Mas olhava para você e via que era você Robson quem Deus preparara para mim.
Eu olhei para Nelma e não pude falar outras palavras que não fossem estas:
-Eu te amo.
E veio um irmão e disse:
-Vamos amado, vamos vestir as vestimentas do batismo, que o culto vai começar, sua Namorada vai louvar.
-Louvar? Perguntei olhando para Nelma.
-Sim me convidaram para louvar Robson, e eu louvarei um louvor antigo, que minha vó louvava pra mim e disse que antigamente se louvava este louvor nos batismos.
E o irmão já me ajudava vestir a vestimenta do batismo, que parecia um grande avental todo branco, olhava para o lago límpido, e sentia um cheirinho gostoso de polem no ar, a água refletia em meus olhos, e pensava o quão maravilhoso seria estaria a instantes naquela água, eu e estes irmãos, (estava numa fila tinha uns dez irmãos um senhor bem velhinho, e muitas irmãs e só eu de homem jovem).
O culto naquela linda tarde foi se firmando, cantaram hinos da harpa, foi feito a leitura Bíblica, oramos, e eu? Nervoso estava quase me batizando!
Agora nossa irmã Nelma com o louvor, anunciou o pastor. Olhei para ela, ela sorriu e olhou para mim, eu fiquei sem graça pois muitos nos observavam, nossa história tornou-se publica, mas ninguém olhava com desdém coisa assim, só olhavam sabendo que éramos dois apaixonados e os nossos olhares sempre remetiam a isto. Amor.
Ela ajeitou-se e começou a louvar, colocando o microfone bem próximo da boca, seus cabelos revoavam ao vento:
Jesus disse: vem para as águas, vem me buscar,
Pois anda sedento, sem paz, sem porvir
As tuas tristezas, teus temores senti
Quero agora lembrar-te, foi por ti que eu sofri
Jesus prometeste na dor na alegria
Estará ao meu lado em todos os dias,
Mas escolhi sozinha andar,
Mas junto de mim vieste ficar
Foi só ir morar.
A sua bondade não posso entender,
Mas sei que é do plano do eterno querer
Sei que estás perto e sempre estarás
Seu amor me liberta e a vida me traz
Que doce paz !
Vem Para As Águas | Mara Lima
Chorei ao ouvir aquele louvor, estava emocionado, sim era bem assim mesmo que me ocorrera, poderia não ter passado por nada daquilo, tiro prisão coisa e tal, mas eu resolvi sozinho andar e fazer o meu caminho tortuosamente falando, olhei para o Nilmar ele também me olhou, sei que voltarei ser amigo dele, pois não guardo magoas no coração, mas sei que o que ocorreu nos ensinou uma lição para as nossas vidas. –Não fazer coisas erradas, no meu caso, vi que atirar com uma arma roubada é uma contravenção, e no caso dele atirar para tentar contra a vida de alguém é um erro. Mas quem sou eu para julgar alguém não é? Ainda bem que ele se arrependeu...
-Agora vamos convidar estes dez irmãozinhos que tiveram a melhor decisão das suas vidas para estarem se aproximando. Disse o pastor que ia indo na margem do lago, com mais dois obreiros.
E fomos em fila bem próximo daquela margem.
A água estava gelada, me gelei todo mas meu corpo foi se acostumando logo já era normal, só de chinelo caminhava dentro daquele lago, nas margens e o pastor começou o batismo.
Os irmãos louvavam, mais tarde a Nelma me falou que era o hino 470 da harpa cristã...
O pastor já posicionado com a primeira irmã, antes de batizar-nos leu esta passagem bíblica que se encontra em Mateus 28:
E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.

Escutava, nervoso qui só,daqui a pouco seria eu na frente do pastor desceria as águas, era um nervosismo inexplicável, seria batizado pelo pastor da minha igreja agora e ali, o vento fazia eu sentir o momento e estava bem próximo.
E chegou o meu momento de ser batizado.
-Irmão Robson; o pastor me indagava...
-Sim pastor.
-O irmão crê que Jesus Cristo é o Salvador e Senhor de sua vida?
-Sim eu creio!
-Promete viver para Ele durante toda a sua existência?
-Certamente sim pastor!
-Está disposto a obedecer à sua Palavra incondicionalmente?
-Sim pastor por toda a minha vida!
Após ouvir eu ter respondido 'Sim' o pastor me disse assim:
- Segundo a tua confissão e testemunho eu te batizo em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. E então colocou a outra mão sobre as mãos postas do batizando e o inclinou-me para trás até submergir me totalmente e com rapidez o levantando me a posição ereta e o conduzindo me ao outro irmão que já estava disposto ali a me ajudar.
Não sei explicar a sensação que senti ao subir as águas, comecei a chorar, e a louvar, agora estava batizado, mas naquele momento todo o meu corpo se aqueceu, mesmo a água estando fria, senti um aquecer no meu corpo, quando estava lá dentro daquele lago sim,soube o que eu queria ser, um pastor, sim seria um pastor, já não me chamavam de pastorzinho lá dentro daquela prisão? Então seria um pastor, veio a Nelma, tirou uma foto, estava todo molhado....
Meu amor, eu te amo, você fez a melhor decisão da sua vida, agora vamos fazer a obra do Senhor juntos, disse minha amada, que neste momento me dava uma confortável toalha de banho para me enxugar...
#Escrever este capítulo me envolveu muita emoção, se você amado leitor não é batizado, não saberá qual é a emoção do capítulo, e você querido que é batizado,certamente relembrará deste maravilhoso dia. 


Muito obrigado pela visita, não esqueça de dar maizinhos no Google+ e curtir no Facebook, para comentar aqui tem que ser seguidor. Então siga-me no Google Friends, os links estão abaixo.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Hated in the Nation crítica black Mirror

" Hated in the Nation " é o sexto e último episódio da terceira temporada da série antológica de ficção científica britânica...