Paranaense, trinta e poucos anos, formado em letras, evangélico, E... Gosto de escrever...
Por Waldryano | Para o blog Waldryano


Capítulo 15
Uma Chocante Notícia
Cheguei a casa almocei, minha Mãe Madalena, fez uma refeição deliciosa!
E eu e a Nelma? Agora estamos na fase das mensagens no celular, eu envio, ela envia, estou apaixonado, confesso.
Mas também estou apreensível.
O que será que o Nilmar quer comigo?
Vou aproveitar o encontro com ele e o convidar para ir à Igreja, se ele for meu amigo de verdade entenderá a minha decisão e me apoiará.
Pronto, já estou arrumado, vou com o carro do Pai, ele autorizou, me deixe reler a mensagem: - Sim, na pracinha, e ele quer conversar.
-Vou falar para ele que não achei certo aquela história de tiro, e que se ele estiver alimentando isso ele esta indo para um caminho sem volta.
Ao entrar no carro reparei a esbarrada, tipo um arranhado que deixou uma tinta verde na pintura. Bem de leve. Aí entendi os olhares do Pai, nada que uma polida não resolva, amanhã verei isso.
Chegando à praça vi o Nilmar sentado num banquinho logo sai do carro e disse a ele:
-E aí Nilmar, tudo bem?
Ele olhou para mim ficou uns segundos calado e disse assim:
-Fiz burrada.
E eu perguntei a ele:
-Como assim burrada?
-Pois é Robson, eu estava com aquela arma, ia jogar fora daí vi o Zeca de bobeira, lembrei-me da surra que ele me deu, e quis dar um susto nele.
-Um susto?
-Sim um tirinho pra assustar...
-Tá é doido moleque? Não sai por aí atirando nas pessoas!
-Robson, não queria acertar ele eu queria só assustar.
Mas foi involuntário quando vi, ele já estava caído, sai em retirada, e depois fiquei sabendo o que ocorreu pelos jornais.
-E você foi na polícia? Perguntei, já tremia de nervoso.
-Não. Você sabe que já andei aprontando antes (lembrei-me que ele andou roubando um supermercado, quase foi preso).
-Porque você esta me contando tudo isso Nilmar? Perguntei, já não estava entendendo mais nada. Não estava junto com você quando você fez isso!
-Sabe por que Robson? Porque estou escutando radio o dia todo e ouvi que teve testemunha, uns mendigos que dormiam próximo a um lixo, disseram lá na policia que viram um gol preto...
-Te viram? Perguntei.
-Não, mas podem chegar à você, pois o gol preto é do seu pai.
-Se chegarem a mim, simples, conto toda a história e você vai responder pelo seu delito Nilmar.
Ao terminar essa frase, surge detrás de uma arvore o Pai do Nilmar...

#aguardem o capítulo 16


Muito obrigado pela visita, não esqueça de dar maizinho no google+ e curtir no facebook, para comentar aqui tem que ser seguidor. Então siga-me no google friends, os links estão abaixo.

 Este capítulo tem Thriller assista ! 

Deixe sua opinião
Por: Waldryano RJ 1.10.15 Comentarios | As ,

0 comentários:

A maioria dos textos e imagens expostos neste blog são de autoria ®Waldryano. Tecnologia do Blogger.

# Compartilhe