Spartacus série netflix


Uma série que impressiona pelo realismo. Seja nas batalhas ou na vida como ela é [inda mais a 60 dc] é esta série disponível no netflix. Quem gostou de Gradeador e sincity com certeza gostou de Spartacus. Assisti a série inteira. Quem critica a série por ser apelativa seja na violencia ou na sensualidade. São os mesmos que com certeza assistiram a série. Sejamos realistas e saibamos que o realismo é representado pela arte, Recomendo.
pesquisa, Wikipédia
A série é focada em Espártaco, o famoso escravo que se tornou gladiador e liderou a mais célebre revolução da Roma Antiga. Sua história foi narrada em diversos livros, filmes, jogos e foi imortalizada pelo cineasta Stanley Kubrick em seu filme estrelado por Kirk Douglas. Agora, é a vez dos produtores Joshua Donen e Sam Raimi (diretor da trilogia Homem Aranha) contarem a jornada do ícone histórico na série Spartacus: Blood and Sand.
Foi filmada na Nova Zelândia, local onde Raimi trabalhou nas sua produções anteriores, Hercules: The Legendary Journeys e Xena: A Princesa Guerreira, e apresenta uma estética reminiscente do filme 300.
Para tentar contornar os problemas que envolvem uma adaptação histórica, os produtores optaram por tomar liberdades para contar o enredo da série. Desta forma, a trama acompanha o gladiador trácio Espártaco (Andy Whitfield) que é sentenciado à morte numa arena após desafiar o comando de Cláudio Glabro (Craig ParkerO Senhor dos Anéis). Como previsto por Espártaco (e ignorado por Glabro), a vila onde vivia o trácio é atacada por bárbaros, e não há nenhum romano ou homem por perto para defendê-la. Num ato de rebeldia Espártaco retorna para casa e salva sua esposa da morte certa, fugindo com ela logo após, temendo a represália de Glaber. Mas esta não demora. Spartacus é capturado e levado como escravo, tal como Sura, sua esposa, que é separada dele e vendida a mercadores sírios. Ao ser jogado à morte na arena para a diversão da plebe, ele surpreende a todos e vence a disputa, matando quatro gladiadores, demonstrando que não irá morrer enquanto não reencontrar sua esposa.
Depois do "show", Spartacus é comprado por Batiatus (John Hannah, da trilogia A Múmia), que pretende lucrar com seu novo escravo e colocando-o nos combates de arenas. No entanto, o treinador de gladiadores Doctore (Peter Mensah300), desaprova a ideia de ter Espártaco como um gladiador, uma vez que ele é movido pela vingança. Em vários episódios que seguem é enfatizada a força de vontade que Sura inspira em Espártaco, dando-lhe forças para enfrentar os horrores a que é submetido por não querer seguir as ordens de seu novo dominus.
Antes mesmo de sua première, Spartacus já mostrou que veio para ficar e para a surpresa de muitos, foi renovada para uma segunda temporada com 6 episódios, que deverá se chamar  Spartacus: Gods of the Arena que conta a história de Gannicus, o primeiro campeão de Cápua. A nova temporada estreou no dia 21 de janeiro de 2011.
A série teve inúmeras cenas de sexo. A produção decidiu exibir a nudez sem censura, o que ganhou grande receptividade do público, apesar de ser aconselhada somente ao público adulto. Manu Bennett, que interpreta Crixus, um guerreiro anti-herói e inimigo de Espártaco, encenou inúmeras cenas de sexo e também chegou a aparecer em pleno nu frontal.
Andy Whitfield, a estrela de Spartacus: Blood and Sand, foi diagnosticado com linfoma não-Hodgkin, um tipo de cancro que abrange mais de vinte variações de tumores, todos considerados malignos. Apesar das informações de que o ator já estaria praticamente curado, foi divulgado, que Andy foi aconselhado por seus médicos a retornar imediatamente ao intensivo tratamento contra o cancro. Como resultado, ele não deveria voltar para a segunda temporada de Spartacus, programada para ir ao ar em Setembro de 2011. "Agora, nós só queremos estender a nossa preocupação e nosso apoio para Andy e sua família", disse Carmi Zlotnik. "Vamos reprogramar nossos planos até o momento certo." Porém, Andy acabaria por morrer no dia 11 de setembro de 2011.

Curiosidades
  • Liam McIntyre foi cotado para interpretar Spartacus, após a morte de Andy Whitfield.
  • Um dos produtores da série, Sam Raimi, foi diretor da trilogia Homem-Aranha.
  • Manu Bennett, que interpreta Crixus, é o ator que mais tem cenas de nu frontal e sexo.
  • Lucy Lawless também é conhecida por ter interpretado Xena, a Princesa Guerreira.
Crônicas de um Velho Jovem

Nenhum comentário:

você poderá gostar destes posts abaixo